Escolha uma Página

A Ferrugem Asiática é uma ameaça a cada safra.
A resistência da doença aos principais fungicidas do mercado
pede soluções inovadoras agora!

Assuma o controle antes que o prejuízo aconteça!

CONHEÇA O TRIZIMAN

A primeira mistura tripla com ação Multissítio a ser comercializada no Brasil.

 

  • 3 modos de ação diferentes numa combinação única.
  • Ideal para o manejo da resistência, com ação sistêmica e multissítio.
  • Assegura o potencial produtivo da soja.

O fungicida completo, com 3 modos de ação diferentes contra a ferrugem.

 

Triziman oferece proteção completa, com 2 modos de ação sistêmicos e 1 multissítio. Numa formulação única e ideal para o manejo da resistência.

O modo de ação multissítio, atua simultaneamente em 6 diferentes pontos no desenvolvimento do fungo. Um modo de ação sistêmico interfere especificamente na respiração mitocondrial, e o outro modo de ação sistêmico ataca a membrana celular, completando a paralisação do desenvolvimento da doença.

São 8 pontos de ação inibindo, ao mesmo tempo,
o desenvolvimento da doença.

CONFIRA A
BULA COMPLETA

CONFIRA A
BULA COMPLETA

Proteja sua lavoura na hora certa com Triziman e assegure todo o potencial produtivo da soja.

Proteja sua lavoura na hora certa com Triziman e assegure todo o potencial produtivo da soja.

TABELA DA CULTURA

CULTURA, DOENÇA, DOSE, VOLUME DE CALDA E NÚMERO DE APLICAÇÕES

Culturas

Soja

Doença nome comum (Nome científico)

Ferrugem Asiática (Phakopsora pachyrhizi)

Dose produto comercial (kg/ha)

2,0

Volume de calda terrestre (L/ha)

100-300 (aplicação aérea 20-50)

Número, época e intervalo de aplicação

Iniciar as aplicações a partir do estádio fenológico V8 a R1 (cultivares de ciclo determinado) ou entre 30 e 35 dias após a emergência da cultura (cultivares de ciclo indeterminado) realizar no mínimo 2 pulverizações, com intervalo de 14 dias. A escolha do intervalo, deve ser baseada no monitoramento da lavoura e o acompanhamento da evolução da doença na região, diminuir o intervalo, de acordo com o acompanhamento da evolução e na região e realizar no máximo, 3 aplicações durante o ciclo da cultura.

CULTURAS DOENÇA NOME COMUM (Nome científico) DOSE PRODUTO COMERCIAL (kg/ha) VOLUME DE CALDA TERRESTRE (L/ha) NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO
Soja Ferrugem Asiática (Phakopsora pachyrhizi) 2,0 100-300 (aplicação aérea 20-50) Iniciar as aplicações a partir do estádio fenológico V8 a R1 (cultivares de ciclo determinado) ou entre 30 e 35 dias após a emergência da cultura (cultivares de ciclo indeterminado) realizar no mínimo 2 pulverizações, com intervalo de 14 dias. A escolha do intervalo, deve ser baseada no monitoramento da lavoura e o acompanhamento da evolução da doença na região, diminuir o intervalo, de acordo com o acompanhamento da evolução e na região e realizar no máximo, 3 aplicações durante o ciclo da cultura.
@

Entre em
Contato

ATENÇÃO Clique para informações importantes.

Atenção!

Você está no site UPL Brasil. O conteúdo deste site é destinado a agricultores, engenheiros agrônomos e demais profissionais do setor agrícola.

Sou do setor agrícola Sair do site

Atenção

Este produto é perigoso à saúde humana, animal e ao meio ambiente. Leia atentamente e siga rigorosamente as instruções contidas no rótulo, na bula e na receita. Utilize sempre os equipamentos de proteção individual. Nunca permita a utilização do produto por menores de idade.

Consulte sempre um engenheiro agrônomo. Venda sob receituário agronômico.

Fechar